Home Colunas Estudando pelo mundo Irlanda – Procedimentos para Intercâmbio

Irlanda – Procedimentos para Intercâmbio

57 Flares Twitter 0 Facebook 57 Google+ 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 57 Flares ×

Irlanda

Irlanda – Procedimentos para Intercâmbio

A Irlanda é a terceira maior ilha da Europa e a vigésima maior do mundo, famosa pelos seus pubs e bebidas, como Guinness e Jameson, e a enorme área verde. Além do idioma local (Gaélico – falada geralmente pelos mais velhos), todos os moradores falam o inglês, um dos principais motivos para o país ser escolhido pelos intercambistas, além da  facilidade de poder trabalhar em período de curso. A maior parte dos brasileiros optam em ficar em Dublin, porém, cidades, como Galway, Limerick e Cork, vêm ganhando espaço.

O intercâmbio mais procurado é o de 6 meses a 1 ano, que lhe permite trabalhar 20h semanais em período de aulas e 40h semanais no período de 6 meses de férias. Já  existem algumas informações de que isso pode mudar em 2015, mas não há nada confirmado até o momento – em janeiro o Governo Irlandês deve anunciar mundanças.

Para quem deseja embarcar nessa aventura, seguem algumas informações úteis:

-Pesquise sobre a cidade que deseja estudar, se ela é calma ou não; e o custo de vida;
– Fale com brasileiros que lá estão para saber quais as facilidades de arrumar emprego;
-Pesquise as escolas que existem na cidade e se certifique de que elas têm o selo de reconhecimento da Acels, isso comprova a relevância da escola;
-Hoje a Irlanda solicita 3 mil euros para entrar no país para o intercâmbio de 1 ano, mas o recomendado é levar mais do que isso para não passar dificuldades, já que o primeiro mês é o que se mais gasta. Recomendo ir trocando o dinheiro aos poucos e aproveitar quando o o euro estiver em baixa;
-Seguro viagem, é obrigatório;
-Procure por acomodações;
-Pesquise as passagens, companhias aéreas e veja as melhores datas.

Existem muitas agências de intercâmbio que podem auxiliar com informações e com a parte burocrática, a maioria oferece pacotes (passagens, seguro obrigatório, curso e alguns dias de acomodação) o correto é sempre verificar com a agência o que está incluído. Quando realizei o intercâmbio, fiz tudo por conta própia porque era mais barato, mas recomendo optar pelas agências, pois no surgimento de qualquer problema ou dificuldade com a escola, a agência tem que se responsabilizar.

Para a imigração, geralmente é solicitado:

-Passaporte válido (o tempo que você pretende ficar, mais 6 meses de validade);
-Comprovantes de ida e volta das passagens aéreas;
-Comprovante de acomodação;
– Comprovar os 3 mil euros (extrato do VTM ou espécie);
-Seguro viagem;
-Carta da escola.

Na imigração é fornecido apenas o visto de turismo, que pode ser de 1 a 3 meses,  tempo suficiente para abrir a conta no banco para depositar os 3 mil euros para comprovar sua situação financeira e para poder solicitar o GNIB (que é o cartão de registro e custa 300 euros), tirar o PPS (que é sua identificação para trabalhar) e, caso tenha interesse, você pode solicitar o Student Travel Card (carteirinha de transporte estudantil).
Independente do país que esteja indo estudar, é de extrema importância cumprir com as exigências estabelecidas e evitar transtornos.

Para saber mais informações sobre intercâmbio na Irlanda, visite o site Eurodicas.

Fonte: Experiências do meu intercâmbio.
Enviado por: Fabiane Fernandes

57 Flares Twitter 0 Facebook 57 Google+ 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 57 Flares ×

Matérias relacionadas:

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe um comentário